JANUARY 2008: THE BREAKFAST CLUB

Naquela ideologia de repostar as coletâneas passadas, chegou a vez dessa minha primeira playlist, feita sob cuidado e nostalgia: Músicas para ouvir de Manhã. Adoro criar esses “temas a la VH1”. Essa ideia surgiu do meu emprego passado, em 2008 mesmo. Eu trabalhava numa agência de identidade visual para eventos (festas, exposições, instalações e esses tipos de coisas.) Essa agência era muito perto de minha casa, atrás do CEAGESP, o famoso CEASA, local que se vende verduras, frutas, legumes e plantas a um preço beeeeeeeeeem camarada [Merchan Chase Fasteriano D:].

Eu as vezes ia a pé pro trabalho, como todos os meus amigos sabem, isso é normal, andar por aí rs. Dava uns 20 minutos, era bem perto mesmo. Nessas idas e vindas eu sempre selecionava uma playlist bem calminha para ouvir, vendo as casas, as pessoas, o movimento das escolas, essas coisas bem paulistana e cotidiana. Costume meu de relacionar as músicas à lugares e momentos.

Essas músicas calminhas se resumem as faixas que eu trouxe nessa coletânea. O playlist de Janeiro de 2008, músicas calmas, lights, bem gostosas de ouvir. Sabe aquele momento, que você quer ficar no seu cantinho, trabalhando em paz, ou fazendo qualquer outra coisa prazerosa…

O engraçado desse lugar perto do CEASA, era que exatamente nessa época, em Janeiro, chovia TODO FINAL DE TARDE. E advinha o que acontecia naquele bendito lugar? Alagava!! Era incrível o cheiro de repolho, melancia, tomate podre ali na rua…

Enfim, sobre a playlist, começa com a exuberante “Goodbye Blue Sky” música P-E-R-F-E-I-T-A para começar a coletânea. Músiquinha com ruídos típicos de manhã, os passarinhos, dá até pra imaginar o “barulho” do sol nascendo.“Suzie Blue” do Ben Harper, artista que conheci através de um casal de amigos dinamarqueses em Fortaleza. Eles eram amigos de minha prima, e íamos de carro para as praias desertas de lá, numa dessas viagens, eles colocaram o CD BURN TO SHINE, e ficou no repeat durante umas 3 horas. Foi bem marcante. Esse albúm todo do Ben Harper tem a pegada folk, amena e light que vim buscar para essa sequencia musical.. Seguida de Sunday Morning, vindo na mesma onda de calmaria.

The Ballad Of Lucy Jordan vem do filme Thelma & Lousie, uma música linda, que tem uma letra bem forte. Top Of The World, uma de minhas preferidas dessa sequencia. Tem toda a nostalgia e inocência dos anos 60, pela suave voz de Karen Carpenter. Um tom meio Country e Fun. Wake Up vem na sequencia, meio que abrindo caminho pras próximas músicas, num tom mais agitadinho e empolgante, meio que como se você já tivesse levantado da cama e estaria tomando o seu café da manhã.

Travis, com a fantástica Re-Offender. Conheci essa música na época na faculdade, voltando da casa de um amigo, naquela época que eu escutava a rádio direto. Ela tem uma bela melodia, que combina com a voz do “chorona” de Fran Healy. Porcelain, um dos mais famosos hits de Moby. Essa trilha até era usada na série cult-trash Xena ahahahaha.

Velvet Morning vindo em seguida, com batidinhas eletrônicas e vozes psicodélicas. Minha música preferida desse playlist. Essa realmente toca até hoje de manhã nas rádios, e no MTV Lab Clássics, programinha básico de video-clip que eu sempre vejo tomando café da manhã, antes de ir pro trampo (quando não acordo atrasado rs).

Travelling Without Moving perfeita pra ouvir no carro, viajando mesmo, a introdução dessa música é muito empolgante. E Shadows in Silence, uma faixa mais new age pra quebrar um pouco as guitarras, sintetizadores e baterias da squencia musical…

Run 505 me lembram uam outra época, no meu ex-ex-emprego, que eu descobri essas bandas (Snow Patrol e Arctic Monkeys). Essas duas faixas começam calminhas e vão aumentando o ritmo e o volume ao longo do percurso. Acho lindas e casam direitinho no conceito que quero passar com essa coletânea.

Jumpers, das Riot Girllls Sleater-Kinney, bela faixa, ela até esta na playlist da Gert dos Runaways, acho fantástico o jeito que elas distribuem o peso sonoro ao longo da faixa. Vejam o clipe também, traz bem a “essência da manhã” rs

Uma faixa classic rock: Between The Wheels. O instrumental dessa música resume bem o meu gosto musical, ela tem vários altos e baixos e presenças constantes ao longo da faixa. Quando conheci Rush, pensava que era uma mulher que cantava ahahahaha, bon tempos.

Shiver e The Tourist são as músicas mais melodias para acabar bem o V.A. Essa The Tourist tem uma melodia quase parada, bem puxada. Gosto da capa desse disco “OK Computer”, pois me parece uma roda traseira de uma bicicleta no canto direito. Espero não ter viajado demais nas justificativas das faixas. ^^

JANUARY 2008: The Breakfast Club

1. Pink Floyd – Goodbye Blue Sky
2. Ben Harper – Suzie Blue
3. The Velvet Underground – Sunday Morning
4. Marianne Faithfull – The Ballad Of Lucy Jordan
5. Carpenters – Top Of The World
6. Alanis Morissette – Wake Up
7. Travis – Re-Offender
8. Phoenix – (You can’t blame it on) Anybody
9. Moby – Porcelain
10. Primal Scream – Some Velvet Morning
11. Jamiroquai – Travelling Without Moving
12. Enigma – Shadows In Silence
13. Snow Patrol – Run
14. Arctic Monkeys – 505
15. Sleater-Kinney – Jumpers
16. Roxette – I’m Sorry
17. Rush – Between The Wheels
18. Coldplay – Shiver
19. Radiohead – The Tourist

Duração: 1h19m

Ouça online no Spotify!



chasefaster

chasefaster

Me chamo Edu D’Angelo, mais conhecido como Chase Faster! Nasci em Outubro de 1984 (Libra com ascendente em Libra) e sou um Proudly Nerd assumido! Sou apaixonado pelo universo Geek (Action Figures, Comics, Animes, Filmes dos Anos 80, Seriados antigos, Teatro, Circo, Exposições e Shows) e desde 2006, crio um Setlist mensal com as músicas que mais ouvi naquele mês. Dez anos depois, estou aqui relatando tudo o que venho vivenciado por São Paulo, com muita nostalgia oitentista.