AUGUST 2014 – DRUNKEN MERMAID

Sempre escutei “Du, você já assistiu RuPaul’s Drag Race? É a sua cara!” Eu confesso que ficava um tanto relutante quanto a essa indagação… Drag Queen? RuPaul? Lipsync? Peruca? hahahaha Eu lembro que passava naquele canal People & Arts (antes dele virar TLC), mas as propagandas longas me fizeram desinteressar rapidamente e abandonei essa ideia de assistir.

Muitos anos depois, a pergunta virou comum, achei que tinha virado modinha, pois todos estavam vendo, muitos amigos: “Tem no Netflix, Du, vê lá”. “-Tá, um dia eu vejo”, era a minha resposta automática. Pois bem, num sábado, num passeio com meus amigos ao Templo Zu Lai, na estrada da volta, um dos meus amigos coloca o album “Born Naked” do RuPaul… Escutei algumas músicas, sem dar muita atenção, até chegar na “Sissy That Walk”… Sabe aquelas músicas que você AMA na primeira ouvida? Acho que ouvimos no repeat 4x. E olha a contradição, fomos ao um templo budista, mas voltamos “batendo-cabelo”. hahahahahaah Amo meus amigos malucos.

No mesmo dia, fui pra casa deles e “Du, olha o clipe da música”. Colocaram Sissy That Walk em HD, tela grande, som altão, poxa, vocês sabem como me conquistar musicalmente hein? Vimos o clipe, sem brincadeira, três vezes seguidas? Não sei, achei uma aura de glamour, diversão, brincadeira… Características que surgem do nada e quando surgem te fazem feliz. E então, decidi encarar o Reality Show. Assistimos os seis primeiros episódios da sexta temporada naquela mesma noite.

Achei tudo muito engraçado, muito exagerado, divertido, um pouco trash as vezes, participantes esquisitos como o Milk, carismáticos como a Adore Delano, engraçados como a Bianca Del Rio, maluca como a Gia Gunn e talentosos como a Ben De La Creme. Fiqei impressionado como a Courtney Act se parece realmente como uma mulher, ela mandou muito bem em vários desafios hehehe, bem putona.

Em uma semana assisti toda a sexta temporada. Gostei da vencedora logo de cara. Tentei assistir a primeira, mas achei tão tosquinho, tão pobre que não me deu vontade. Comecei a assistir o começo da segunda e achei a mesma coisa. E pensei, vou ver a quinta mesmo hahahaha. (Mas na final da sexta, a ganhadora da quinta temporada aparece passando a coroa para a próxima Drag, infelizmente já sei quem vai ganhar hahaha).

Nesse mês, montei uma setlist baseada nesse universo do RuPaul. Obviamente escutei os albums dele. tirei três músicas de lá. E através do Deezer fui ouvindo artistas semelhantes. Está uma setlist muito divertida, com batidão, bate-cabelo, tudo pra começar o seu dia bem, ouvindo bem altão hahahaha (quem nunca).

Gosto muito desse recurso de ouvir online no Deezer. Ouvir pelo navegador é melhor do que ouvir pelo aplicativo, já que depois de um tempo, você é obrigado a pagar pra continuar ouvindo as setlists (ou até mesmo albums) na ordem…


AUGUST 2014 – DRUNKEN MERMAID

01) RuPaul – Sissy That Walk
02) Nicki Minaj – Anaconda
03) Myah Marie – Adrenaline
04) Adore Delano – I Look Fuckin Cool (feat. Alaska Thunderfuck)
05) Alaska Thunderfuck – Your Make-Up is Terrible
06) Wynter Gordon – Ladi Dadi (feat. Steve Aoki)
07) Frankmusik – Fly Tonight 
08) Rebecca & Fiona – Heavy
09) Nicola Roberts – Gladiator
10) Queen of Hearts – Like a Drug
11) Sia – Free the Animal
12) Róisín Murphy – Overpowered
13) Moko – Honey Cocaine
14) Banks – Beggin For Thread
15) Charli XCX – You (Ha Ha Ha)
16) 2NE1 – Come Back Home
17) Tom Staar – Galaxy
18) Hercules & Love Affair – Liberty
19) Ke$ha – Gold Trans Am

Duração: 1h e 16m

Ouça online no Spotify!

chasefaster

chasefaster

Me chamo Edu D’Angelo, mais conhecido como Chase Faster! Nasci em Outubro de 1984 (Libra com ascendente em Libra) e sou um Proudly Nerd assumido! Sou apaixonado pelo universo Geek (Action Figures, Comics, Animes, Filmes dos Anos 80, Seriados antigos, Teatro, Circo, Exposições e Shows) e desde 2006, crio um Setlist mensal com as músicas que mais ouvi naquele mês. Dez anos depois, estou aqui relatando tudo o que venho vivenciado por São Paulo, com muita nostalgia oitentista.