Fairground – Simply Red (01/30)

Hoje faço 30 anos! Sim, nasci em primeiro de outubro de mil novecentos e oitenta e quatro (as cinco e meia da manhã, caso você queira fazer o meu Mapa Astral hahaha). Pra comemorar fiz uma playlist com as minhas trinta músicas preferidas ao longo desses anos, o meu TOP 30. Não seria necessariamente um “top”, pois não consigo definir qual música seria a melhor, mas todas que escolhi (o critério foi escolher aquela faixa que tivesse alguma história por trás, que não repetisse o artista e que fosse algo bem nostálgico). Seria um “GREATEST HITS” a la Charlie Pace em Lost (ele fez uma lista de 5 fatos mais marcantes da vida dele, no dia em que ele morre pra salvar a Ilha).

Ordenei sonoramente, dos anos 90, aos 80, indie, pop, rock, j-rock, eletrônica e classic rock. Todos os estilos que me agradam e que eu normalmente ouço. Vou postar uma música por dia (link do Youtube e a faixa no Deezer), até completar os 30 dias de Outubro. No dia 31, posto a lista inteira, com setlist no Deezer/Spotfy.



















01/30 – Fairground

Era 1991, a MTV tinha acabado de estrear no Brasil e o sinal era tão ruim que o ruído era predominante na tv, mas pelo menos o som era claro. Lá estava eu, na casa de minha avó materna e meus primos e eu estávamos vendo tv, quando passou um clipe de um tio ruivo, com dreadlock e pedra preciosa nos dentes, Mick Hucknall, da banda Simply Red… Era o video de Stars e achei bem legal e estranho, um cenario tosco, anos 90 pobrinho, mas bem interessante. Anos depois meu pai comprou um cd com os melhores hits desse artista e ouvíamos em viagens. Viciei. Sabe aquela música que está rolando no ambiente e do nada você está cantarolando?

Depois de algum tempo, nos anos 2000, fiz uma viagem para Fortaleza (Ceará) com a minha familía. Na ocasião estavamos na companhia de um casal de Dinamarqueses, que gostavam muito de aprender tudo sobre o Brasil. Num dos passeios por lá, ouvimos muito Ben Harper e música brasileira da rádio local. E teve um rolê que fomos pra uma praia bem isolada, não me lembro se chamava-se Cumbuco ou Morro Branco, tinha várias falésias e era meio deserta, e colocamos o cd Life. A essência sonora deste disco era todo calminho, música suave, uma voz bem serena e tranquila, todo um clima praiano bem apropriado para a ocasião. Uma música me chamou muito a atenção: Fairground.

Ela tem elementos de carnaval, um clima gostoso, daquelas músicas que te animam, que você quer ouvir assim que acorda. Muito tempo depois vi o clipe, e posso dizer que meio que ditou minha identidade visual: azul e vermelho (passei um bom tempo da minha vida usando essas cores em tudo, algumas músicas que vocês vão ver deste Top, também usam essas cores nos clipes e é uma pura coincidência que enxerguei anos depois). O clipe se passa num Parque de Diversões à noite, bem animado, com essas cores permeando todo o cenário.

Hoje podemos ver com outros olhos, achar meio tosco, mas a essência acho muito bonita, muito boa! Vale a música de estreia desse TOP 30 que preparei. Espero que vocês tenham paciência de ler tudinho.

 

 

 

 

 

 

 

 

Driving down an endless road
Taking friends or moving alone
Pleasure at the fairground on the way

It’s always friends that feel so good
Let’s make amends like all good men should
Pleasure at the fairground on the way

Walk around be free and roam
There’s always someone leaving alone
Pleasure at the fairground on the way

And I love the thought of coming home to you
Even if I know we can’t make it
And I love the thought of giving hope to you
Just a little ray of light shining through

Love can bend and breathe alone
Until the end it finds you a home
Don’t care what the people may say

It’s always friends that feel so good
Let’s make amends like all good men should
Pleasure at the fairground on the way

And I love the thought of coming home to you
Even if I know we can’t make it
And I love the thought of giving hope to you
Just a little ray of light shining through

chasefaster

chasefaster

Me chamo Edu D’Angelo, mais conhecido como Chase Faster! Nasci em Outubro de 1984 (Libra com ascendente em Libra) e sou um Proudly Nerd assumido! Sou apaixonado pelo universo Geek (Action Figures, Comics, Animes, Filmes dos Anos 80, Seriados antigos, Teatro, Circo, Exposições e Shows) e desde 2006, crio um Setlist mensal com as músicas que mais ouvi naquele mês. Dez anos depois, estou aqui relatando tudo o que venho vivenciado por São Paulo, com muita nostalgia oitentista.