#08 FAKE (Mr.Children)

Todos os integrantes dessa banda nasceram em 1969 (com exceção de Kazutoshi Sakurai que nasceu em 1970). Este foi o ano em que o Festival de Woodstock aconteceu e foi também o ano que marcou o rock n’roll na história da música. Kenichi Tahara, Keisuke Nakagawa e Hideiya Suzuki se conheceram no primeiro grau em Tóquio. Sakurai era de uma outra região de Tóquio (Nerima), então todos eles vieram de uma mesma parte da cidade menos ele. Eles passaram sua adolescência nos subúrbios de Tóquio e no segundo grau, Sakurai, Tahara e Nakagawa se conheceram.

Assim, a banda Mr. Children (ミスターチルドレン / Mistaa Chirudoren) surgiu em 1989. O nome foi escolhido enquanto eles conversavam durante um jantar. O nome “Mr. Children” (Sr. Criança) revela a vontade de exaltar as contradições do ser humano, com seu estilo de música que segue a onda da contracultura. Com um repertório imenso, que varia do rock pesado ao rock clássico, com mistura de som acústico com digital e letras que falam sem medo de sentimentos humanos.

Conheci essa banda de curioso, vendo a capa do album HOME, na qual tem um pessoal na piscina formando uma árvore genealógica, Gostei muito de como esse album foi arranjado, cheio de baladas depressivas, intensas e depois uma musiquinha alegre pra dar uma animadinha. Nessa primeira escutada, ouvi a música FAKE, que vos trago hoje para o TOP 50 J-ROCK, acho o riff de início envolvente e dinâmico, muito bem executado, uma das mais belas canções japonesas que já escutei!

• Vocal: Kazutoshi Sakurai
• Bateria: Hideya Suzuki
• Guitarra: Kenichi Tahara
• Baixo: Keisuke Nakagawa

Início: 1989 – em atividade


FALSO
Vou vir a público e dizer que
Nós somos apenas falsificações feitas para olhar como a coisa real
E nós vivemos em fundos falsos
Então, ninguém vê através de nós


O desejo de amaldiçoar alguém
Incha do meu rosto ao meu diafragma
“Eu odeio isso”
Então eu venho com um plano desesperado
E consigo passar por mais um dia


Agarrando meu vazio
Meus sonhos pendurados em me
Vou decolar para amanhã do segundo andar
Mesmo se eu virar cinzas
E se eu desistir
Eu só vou começar de novo do zero
Parece que eu ainda sou
Incapaz de me odiar, oh oh oh
Eu vou acreditar nas mentiras
Estou embebido em…


O ritmo devo definir?
O que devo tentar primeiro?
Eu torça cada bit de conhecimento que tenho
Mas no final, ele trabalha contra mim


Se uma mulher diz: “Eu te amo”
Ela só está te usando
No lugar de outra pessoa
Se eu perceber que no meio de desprender seu sutiã
Eu só fico balançando os quadris


Carregados com a solidão
Conectados por amor
Eu tiro a partir do segundo subsolo do meu passado
Como uma hiena
Eu tropecei e foi ultrapassado
Mas corri e arrebatados
E um pouco usado
Orgulho em mim, oh oh oh
Mas o que eu agarrei
Era apenas mais um falso


Os ruídos que você assalto
As imagens que você vê
Se você cortá-los por um tempo e abrir o seu coração
O que você pode ver?
A voz do qual você pode ouvir?
Será que vou ser confiável para prendê-lo para sempre?


Agarrando meu vazio
Meus sonhos pendurados em mim
E decolar para amanhã do segundo andar
Eu vou fazer um salto em altura
E se eu estou enganado
Isso não vai me impedir de confiar novamente
Se eu puder manter de duvidar ninguém, oh oh oh
Se podemos perdoar uns aos outros
Mesmo se um dia
O tesouro eu segurava com tanta força
É revelado para ser um falso, oh oh oh
Eu vou acreditar nas mentiras
Terra no mundo
Tudo é uma farsa
Mesmo que …


Atualmente, Mr.Children ficou em #1 na Oricon de álbuns pela terceira semana consecutiva. No dia 10 de maio de 2014, lançaram os álbuns “Mr.Children 2005-2010 macro” e “Mr.Children 2001-2005 micro“, em comemoração de 20 anos de carreira. E ambos dominaram o ranking da Oricon por duas semanas. “macro” continuou no topo da Oricon pela 3ª vez seguida, com 74.455 cópias. Enquanto que “micro” caiu para #3, tendo vendido 67.190 cópias. Entre eles, em #2 ficou “Pamyu Pamyu Revolution“, álbum da Kyary Pamyu Pamyu o qual teve 71.179 de vendas.

Os álbuns anteriores do Mr.Children, “Atomic Heart” (setembro/94), “Mr.Children 1992 – 1995” (julho/2001), “HOME” (março/2007), “SUPERMARKET FANTASY” (dezembro/2008), e “SENSE” (dezembro/2010) ficaram por duas semanas em #1 na Oricon. Mas esta é a primeira vez que a banda manteve-se no topo por 3 semanas seguida, batendo seu recorde.

 

 

 

chasefaster

chasefaster

Me chamo Edu D’Angelo, mais conhecido como Chase Faster! Nasci em Outubro de 1984 (Libra com ascendente em Libra) e sou um Proudly Nerd assumido! Sou apaixonado pelo universo Geek (Action Figures, Comics, Animes, Filmes dos Anos 80, Seriados antigos, Teatro, Circo, Exposições e Shows) e desde 2006, crio um Setlist mensal com as músicas que mais ouvi naquele mês. Dez anos depois, estou aqui relatando tudo o que venho vivenciado por São Paulo, com muita nostalgia oitentista.