#13 Nº.[666] (The GazettE)

O Gazette (ガゼット) começou no início de 2002, composto por cinco homens que, apesar da pouca idade, já tinham uma certa experiência na cena musical. Três dos membros tinham trabalhado juntos em bandas anteriores (Ma’die Kusse e Kar+te=zyAnose); o vocalista Ruki, o guitarrista Uruha, e o baixista Reita. Dois ex-integrantes da banda Artia completavam a formação; Aoi na guitarra e Yune na bateria. Originalmente eles faziam parte da gravadora MATINA, onde lançaram o seu primeiro single, Wakaremichi, e um video em VHS e então começar a trabalhar imediatamente em divulgar seu nome através de eventos e lançamentos. Isso deu certo, já que a banda teve seu primeiro show one-man em Outubro daquele ano. No fim de 2002 eles participaram no evento “FINAL PRELUDE 2002~2003 Matina PRESENTS” que marcou o fim da Matina.

Quando 2003 começou, Yune anunciou que ele deixaria o Gazette. Ele foi imediatamente substituído por Kai (ex-Mareydi Creia e a banda assinou com a gravadora PS Company. Eles fizeram sua primeira turnê com os companheiros de selo, Hanamuke, e lançaram seu primeiro mini-álbum, Cockayne Soup, que foi imediatamente seguido por outro dois mini-álbuns nos próximos meses. O Gazette continuou a fazer turnês e eventos em conjunto pelo resto do ano, como o evento Beauti-Fool’s Fest 2003 com outros artistas como Merry e D’espairsRay.

No ano seguinte, o Gazette começou 2004 com um one-man no Shibuya AX, que mais tarde seria lançado em DVD, e com a abertura de seu fã-clube oficial. Perto do fim do ano, a banda lançou um segundo DVD ao vivo e deu aos fãs o que eles estavam esperando por quase dois anos, seu primeiro álbum completo, Disorder. Em Dezembro, eles participaram novamente do Beauti-Fool’s Fest e embarcaram em uma pequena turnê.

Em 2005, o Gazette pareceu ocupar a maioria de seu tempo em turnês, já que eles passaram meses em turnês pelo país. Eles lançaram alguns itens entre as turnês, entre eles o single reila em Março, que se tornou um grande sucesso, sendo o quinto single independente mais vendido no ano, e o photobook “Verwelktes Gedicht” em Setembro. Depois disse eles tiveram um pequeno descanso até Dezembro, quando participaram da turnê “PEACE & SMILE CARNIVAL TOUR 2005” e lançaram o single Cassis, o último single lançado com o nome Gazette.

2006 foi mais um ano agitado para o Gazette. Eles trocaram seu nome, antes escrito em katakana, para the GazettE, escrito em inglês e começaram o ano lançando um novo álbum, NIL. Eles imediatamente embarcaram em uma grande turnê, passando por todo o Japão com mais de 30 shows. O último show da turnê aconteceu no Nippon Budokan, uma das mais famosas arenas do Japão, e com ingressos esgotados. Eles também fizeram seu primeiro show na Europa no fim de Julho, para delírio de seus fãs estrangeiros. Mais tarde naquele ano, foi criada uma versão em inglês do site oficial.

Eles terminaram 2006 e começaram 2007 com ainda mais shows e novos singles, antes de anunciar o lançamento de seu terceiro álbum, STACKED RUBBISH e quase duas grandes turnês nacionais. A primeira delas aconteceu em Julho e a segunda aconteceu no inverno. Para alegria de seus fãs internacionais, o the GazettE, também resolveu voltar à Europa para uma pequena turnê em Outubro, que passou pela Alemanha, França, Finlândia e Inglaterra. No começo de 2008 eles lançaram o single Guren. Foi anunciado que um novo DVD iria ser lançado em Agosto e o novo single “Leech” na Primavera de 2008.

The GazettE fizeram uma turnê em Outubro chamada “From The Distorted City”, referenciando a música “Distorted Daytime” do single “Leech”. Citando à cidade de Tóquio como a “Cidade Distorcida”, em termos de sociedade e a crise política que estava assolando o Japão na época. “From The Distorted City” ilustra “Uma Mensagem da Cidade Distorcida de Tóquio”.

Em 15 de Novembro, 2008, a banda fez um show secreto na Estação de Shinjuku. Originalmente, cerca de 500 pessoas eram esperadas, mas vieram em torno de 7.000 pessoas. Devido ao número de pessoas nas ruas, a polícia foi obrigada a cancelar o show após duas músicas. Em janeiro de 2009, The GazettE tocou junto com outras bandas contratadas da gravadora PS Company na comemoração de 10 anos da gravadora, e eles anunciaram o lançamento de um novo single, “Distress and Coma”, em março de 2009. Junto com o novo single, também foi anunciado o lançamento do 4º álbum de estúdio, “Dim,” em julho. Após o lançamento do álbum, a banda fez uma turnê pelo Japão, começando em julho de 2009, sendo que a final estava programada para acontecer 5 de Setembro, na Saitama Super Arena. O lançamento do DVD da turnê DIM SCENE ocorreu no dia 16 de dezembro de 2009. Em outubro, lançaram Before I Decay.

Em março de 2010, a banda embarcou na turne do fã-clube da Heresy chamada “THE END OF STILLNESS” Depois da turnê do fã-clube, a banda anunciou em seguida outro single e uma turnê, que é chamada “TOUR10 Nameless Liberty six bullets” a partir de julho com duas noites consecutivas no NIPPON BUDOKAN. (22/23 de julho) Em 04 de agosto de 2010, eles lançaram um DVD de oito anos da banda, contento todos os pvs lançados até agora. (apropriadamente intitulado FILM BUG II). Entre todos estes eventos, a banda anunciou que estariam se transferindo da King Records para a Sony Music Records, com o lançamento de seu décimo sétimo single “Shiver”, que também foi escolhida como tema de abertura para o anime Kuroshitsuji II , foi lançado em 21 de julho de 2010.

Logo após o lançamento de “Shiver”, a banda anunciou o local para o final da turnê de “TOUR10 Nameless Liberty six bullets”, que foi no TOKYO DOME, no dia 26 de Dezembro de 2010, e dois novos singles “RED” e “Pledge”. “Red” foi lançado em 22 de setembro de 2010 e “Pledge” que foi lançado dia 15 de dezembro de 2010.

Membros:
Vocal: Ruki
Guitarra: Uruha
Guitarra: Aoi
Baixo: Reita
Bateria: Kai

Ex-membros:
Bateria: Yune

Trago a música Nº.[666], do album MADARA de 2004, acho o som meio esquisito, barulhento rs, mas adoro essa faixa! Confesso que não gostava deles no começo (quando os conheci), ouvi as primeiras músicas e achava a voz do Ruki horrível, nem dava vontade de ouvir o resto das músicas… Mas fui conquistado aos poucos… reila e Taion me fizeram dar mais atenção à essa banda. Depois de um tempo, eles mudaram o estilo, está menos “garagem”, acho que mudou bastante aliás, gosto deles hoje, acho que a fórmula que desenvolveram bem interessante. Há quem odeie (o povo que curtia eles antes), mas super entendo, sinto isso por outras bandas também ehehe


Nº.[666]
Grotesca gelatina vermelha + bebê com sistema ruim
Vamos dançar! 
vamos dançar! 
Crash!


Grande história de brinquedos sangrentos
Grotesca noite escura = ruim noite de sexta
Vamos dançar! 
vamos dançar!


Hora do show doador!
Filho da puta!


[g]
[m]
[f]


Aniversário sangrento!
R-20 festa insana


Aniversário sangrento!
Insana festa vermelha sem fim!


Agora escute a música!
Agora escute a música!


Feliz aniversário, Damian…


Hoje em dia eles ainda estão na estrada ainda, lançando singles, albums e clipes. Gostei bastante do último lançamento “BEAUTIFUL DEFORMITY”(aliás é de Outubro de 2013, cadê material novo, Gazette?). vieram para o Brasil ano passado, mas não fiquei muito empolgado, nem quis ir, odeio os organizadores que os trouxeram também, nem fiz questão… Vamos ver no futuro…

Outras faixas favoritas:
• BEFORE I DECAY
• THE SUICIDE CIRCUS
• COCKROACH

 

 

 

 

chasefaster

chasefaster

Me chamo Edu D’Angelo, mais conhecido como Chase Faster! Nasci em Outubro de 1984 (Libra com ascendente em Libra) e sou um Proudly Nerd assumido! Sou apaixonado pelo universo Geek (Action Figures, Comics, Animes, Filmes dos Anos 80, Seriados antigos, Teatro, Circo, Exposições e Shows) e desde 2006, crio um Setlist mensal com as músicas que mais ouvi naquele mês. Dez anos depois, estou aqui relatando tudo o que venho vivenciado por São Paulo, com muita nostalgia oitentista.