#21 fragily sandy. (deadman)

O deadman (デッドマン) é uma banda de rock agitado e calmo/melancólico, sempre com um instrumental criativo. Foi formado no fim do ano 2000 pelos membros de duas bandas que haviam se separado recentemente; Mako, aie e Yukino tocavam juntos no Kein e uniram-se a Toki, que era baterista do Lamiel. Os quatro já se conheciam; aie havia tocado no Lamiel antes de entrar no Kein. O único que não era conhecido há tempos pelos outros era Mako. Este, antes de se dedicar à música, nem ao menos esperava se tornar vocalista.

Mako sempre se interessara por interpretação e chegou a estudar para se tornar ator, mas desapontou-se ao perceber que nem sempre poderia interpretar os papéis que gostaria. Ele, então, largou os estudos e se tornou roadie da banda Merry go round. Provavelmente Mako nunca teria se tornado o vocalista do Kein se Reo, o futuro líder dessa banda, não tivesse pêgo o telefone dele com um amigo em comum, ligado para ele e pedido que Mako se juntasse à banda.

No entanto, algum tempo depois as diferenças entre os dois começaram a aparecer; discussões tornavam-se cada vez mais comuns noKein. Por fim, Reo deixou a banda e se uniu ao então recém-criado Gullet, enquanto Mako, aie e Yukino formaram oDeadman, completo com a entrada de Toki.

Vocal: Mako
Guitarra: aie
Bateria: Toki
Baixo: Kazuya

O deadman estreou em janeiro de 2001, apresentando-se como banda de abertura no Nagoya Diamond Hall. Em 20 de março eles realizaram o seu primeiro show. O primeiro single, intitulado Subliminal effect, foi lançado em 25 de abril e, nessa mesma época, o baixista Yukino deixou a banda por diferenças musicais. Seu lugar seria ocupado por Takamasa, ex-membro da banda LADY. Em maio o deadman realizou uma turnê junto com a banda MUCC. O segundo single da banda, in media, foi publicado em 20 agosto e, em novembro, houve o lançamento do primeiro álbum, SiteOfScafFold, contendo oito músicas.

Em fevereiro de 2002, durante a turnê deadman tell no tales, Takamasa foi declarado membro oficial. De abril a maio, odeadman fez uma turnê com o BLAST, promovendo os singles conjuntos Hirusagari no Jekyll to Hyde – um com canções novas e outro com covers recíprocos das bandas. Uma demotape intitulada Kunou no naka no taegatai sonzai, com duas músicas, foi distribuída durante os shows que o deadman realizou com bandas como Merry, Nightmare, D’espairsRay eNookicky. Estas apresentações foram organizadas pelo líder da banda, aie, por diferentes razões, desde amizade até interesse em novas experiências.

No início de 2003 o deadman lançou seu segundo álbum, intitulado No alternative. Três versões de family foram distribuídas em CDs gratuitamente em shows, cada uma com duas faixas extras ao vivo diferentes. Em 11 de outubro o próximo single, Amefuri no himawari, foi lançado e, em dezembro, a banda se apresentou no festival BeautiFool’s Fest ’03. Como resultado, Mako saiu na capa de uma revista pela primeira vez, mesmo que na companhia de vários outros vocalistas que participavam do evento.

Kafka/Moniz foi distribuído durante os shows no início de 2004. Ainda em fevereiro, eles tocaram com o D’espairsRaynovamente. Em abril o deadman lançou o mini-álbum 701125, que inclui em suas seis faixas, uma música nova e adaptações de músicas já lançadas. O maxi-single ºC foi lançado em outubro e contou com o primeiro vídeo da banda,degrees centigrade. O single ºC+1 foi distribuído durante alguns shows, precedendo o lançamento do maxi seija no koushin, em março de 2005.

Em abril, quem foi aos shows do deadman teve sorte: o DVD when the deadman goes marching in, com dois vídeos, foi vendido durante as apresentações. Na metade de 2005 foi a vez do mini-álbum 701125+2, um remake, ser lançado.

A saída de Takamasa do deadman em abril fez com que a banda se apresentasse com um baixista suporte por algum tempo. Takamasa declarou que deixou o deadman porque estava voltando-se a uma direção totalmente nova, possivelmente deixando a cena musical também. Em seguida, porém, um novo baixista juntou-se à banda, Kazuya. Em dezembro do mesmo ano, o deadman ainda conseguiu produzir seu segundo full-album, In the direction os sunrise and night light, e anunciou uma turnê conjunta com a banda lynch..

Em janeiro de 2006 o deadman deixou as fronteiras do Japão e apresentou-se na Europa pela primeira vez. Realizaram shows na Alemanha e na França, que, mais tarde, viriam a se tornar umas das últimas apresentações da banda. Infelizmente, em março o deadman anunciou que encerraria suas atividades após uma última turnê, [endroll], em maio. (Texto retirado do site JAME BR).



Areia Frágil.
A entidade desordenada
A consciência alienada
É um trabalho de areia, certo?
Desmoronaria de qualquer maneira
Derramando a inconsciência
Sentimentos em queda
Sozinho num poço de areia
Até que o dia se torne melancólico
Mesmo que ele já esteja assim


“Eu esqueci”, essas palavras escaparam daquela única amada figura


E neste momento
A consciência se torna vazia
É um trabalho de areia, certo?
Está tudo bem
Somente agora que está tudo bem


“Eu esqueci”, essas palavras escaparam daquela única amada figura
Desordem e perturbação
Lágrimas abjetas
Que não podem cair
Mesmo agora
Ficando ansioso e quebrando de tanto rir
Nada além de uma aparência falsa
Esta solidão é habitual
Basta voltar ao inicio


Desordem e perturbação
Lágrimas abjetas que não podem cair mesmo agora
Ficando ansioso e quebrando de tanto rir
Nada além de uma aparência falsa
Passando por cada um
Eu vejo aquela mesma aparência
De alguma forma, não há substituto para essa solidão no mundo inteiro


E fica ainda pior
“Eu esqueci”, essas palavras escaparam daquela única amada figura
Dizendo que não há desejo, querido
Nem agora ou no passado.


Gosto do tom melódico dessa banda, daquelas que você quer ouvir no final do dia, para relaxar. Mako canta muito lamuriando, dá uma afliçãozinha as vezes. Adoro essa música que vos trago hoje, ela tem uma mistura de rock agitado com a melancolia outrora citada.

Outras faixas preferidas:
• follow the night light
• this day. this rain
• Saddy

 

chasefaster

chasefaster

Me chamo Edu D’Angelo, mais conhecido como Chase Faster! Nasci em Outubro de 1984 (Libra com ascendente em Libra) e sou um Proudly Nerd assumido! Sou apaixonado pelo universo Geek (Action Figures, Comics, Animes, Filmes dos Anos 80, Seriados antigos, Teatro, Circo, Exposições e Shows) e desde 2006, crio um Setlist mensal com as músicas que mais ouvi naquele mês. Dez anos depois, estou aqui relatando tudo o que venho vivenciado por São Paulo, com muita nostalgia oitentista.