#41 Fairy Times Memory (PHANTASMAGORIA)

“Phantasmagoria” é definido como uma série fantástica de imagens, tais como os observados em um sonho. A sua música e recursos visuais muitas vezes parecem ser criada com essa própria definição do nome da banda mantidas firmemente em mente.

Criada em novembro de 2004 após a dissolução do grande sucesso KISAKI PROJECT, Phantasmagoria parecia consistir principalmente de amigos de KISAKI (baterista e líder da banda): Mao (ex-Selfush) nos vocais, Jun e Iori (ambos ex-Mar’derayla) na guitarra, e Shion (ex-Mist Of Rouge) na bateria. Mao no entanto, para a banda foi fugaz e ele saiu desse mesmo ano a fim de ser substituído por Riku (ex-Hisakarea).

Eles foram uma das bandas indies que cresceu mais rápido na época, firmando de vez quando fez uma aparição na capa da Cure de Janeiro de 2005. Suas músicas mantém essa aura de fantasia, elementos eletrônicos e a intensa voz de Riku.
Foi consolidado como uma das bandas mais importantes de Visual Kei dos anos 2000. A banda terminou em 2008, quando Kisaki decidiu reviver sua antiga banda e Jun (guitarra) seguiu carreira solo como “attic”.

Seria muito óbvio eu colocar NEO ARK ou NEVER REBELLION, neste TOP 50, mas confesso que enjoei um pouco dessas músicas, trago Fairy Times Memory, por ser uma das primeiras músicas que coloquei nos meus setlists mensais, em meados de 2007. tenho um carinho especial por ela.

Memórias do Tempo das Fadas
Um coração que vem e vai – compartilhou o sentimento
porque isso não pode esconder,
Isso torna-se como um pulso de disparo no céu que ecoa o tempo
Sem ser enterrado.
 
Ficar parado na chuva, para que possa amenizar os sentimentos e o coração
Essas quedas em todo lugar e transformam-se em flor.
 
Você acena adeus.
Você começa esquecendo então isso irá partir.
Não importa o quanto você feche os seus olhos, isso não vai sair.
Memória passada
 
Extraído para a janela, você então chora lágrimas que são impossíveis de parar
O jeito de pensar retorna
 
Eternamente Isso não será como que você pensou
Mas o amor era a história elevada
 
Mas agora, a coisa é pega você…
 
E sua coisa, seu sonho e realidade-
 
Sentiu eternamente, quando sendo envolvido na memória do amor
Isso não retorna mais?
 
Eternamente Isso não será como que você pensou
Mas o amor era a história elevada
 
Na cena mágica e no retrato, que você mostra
Isso não está na caixa quando você o abre
Porque a chave está usada
 

 

Mas agora, a coisa é pega você…
 
 
chasefaster

chasefaster

Me chamo Edu D’Angelo, mais conhecido como Chase Faster! Nasci em Outubro de 1984 (Libra com ascendente em Libra) e sou um Proudly Nerd assumido! Sou apaixonado pelo universo Geek (Action Figures, Comics, Animes, Filmes dos Anos 80, Seriados antigos, Teatro, Circo, Exposições e Shows) e desde 2006, crio um Setlist mensal com as músicas que mais ouvi naquele mês. Dez anos depois, estou aqui relatando tudo o que venho vivenciado por São Paulo, com muita nostalgia oitentista.