SEPTEMBER 2015: NEOLUTION

Chegamos à playlist de Setembro de 2015. Gostaria de registrar a meu vício pelo seriado Orphan Black, que tem marcado muito meus últimos dias. Eis uma sinopse do site “Adoro Cinema” (contém spoilers):

“Depois de presenciar o suicídio de uma mulher (que é exatamente como ela) em uma estação de trem, Sarah Manning (Tatiana Maslany) faz o que qualquer um faria: assume a identidade da suicida para tentar resolver os próprios problemas financeiros. Mas logo ela descobre que está no centro de um mistério que vai mudar sua vida, quando se vê cara a cara com mais três mulheres idênticas a ela. Todas são clones, e precisam salvar a própria pele enquanto tentam descobrir quem são os responsáveis pelos experimentos genéticos”. E assim a história começa, em busca de respostas.

Orphan-Black-Named-Clones

Fiz uma mega maratona, acho que em uma semana vi a primeira e a segunda temporada. Cheguei até a sonhar com os clones hahaha É incrível como a atriz Tatiana Maslany consegue fazer vários papéis diferentes, fiquei mega encantado.

Orphan Black é uma série de suspense de ficção científica, criada por John Fawcett (diretor) e Graeme Manson (roteirista). O título faz uma a referência ao mercado negro de órfãos, que aconteceu na adoção de crianças clonadas nos anos 80 na trama da série, através do Projeto Leda e Castor. Estes dois projetos são uma referência à mitologia Grega, onde Zeus se disfarça de Cisne para encantar a mortal Leda, e Castor, irmão gêmeo de Pollux, da constelação de Gêmeos. Leda e Castor representam a clonagem feminina e masculina respectivamente. Orphan Black estreou em março de 2013, no canal canadense Space e na BBC América, é uma produção de baixo orçamento, mas os efeitos especiais, mostrando os clones no mesmo ambiente, é surpreendente.

orphan-black

Faz tempo que não assisto uma série de ficção científica tão interessante. Eu era daqueles que amavam Lost e que vasculhava a internet atrás de respostas… Pelo menos em Orphan Black eles vão respondendo aos poucos. Dentro de seu universo, temos essa polêmica questão de clonagem humana, com relação a isso, a série apresenta uma interessante linha teórica: “Neolution”, que pode ser traduzida como “Neolução”. Esta seria uma nova linha da teoria da evolução onde há a intervenção das mãos e dos desejos e vontades do Homem. Os “Neolucionistas” defendem a eugenia e acreditam que o ser humano pode usar o conhecimento científico para dirigir a evolução de sua espécie.

Acho um tema tão legal e meio que explorado nos anos 90, quase ninguém mais fala sobre esses assuntos. Quem não lembra da ovelha Dolly e do clone loiro do Peter Parker, o Homem-Aranha? (sempre uma referência nerd hahahaha).  Já tocando neste assunto, comecei a assistir Neon Genesis Evangelion também. Um anime clássico dos anos 90, que enrolei até hoje para assistir, estou gostando bastante, até o momento estou no episódio 8 de 22. Vamos ver até onde vai o conceito de Deuses e talvez Neoluções?

neon_genesis_evangelion

Quanto à setlist, coloquei as músicas que tenho ouvido muito recentemente, por exemplo, o duo sueco The Knife, com a maravilhosa música Pass This On (na qual conheci no filme Amores Imaginários) e Lemonade da banda inglesa Splashh. Lights da banda Hurts (assistam ao clipe, é muito bem feito!) Também coloquei algumas músicas da trilha sonora da série. É isso, espero que gostem!

09-September-2015

SEPTEMBER 2015: NEOLUTION
01. CHVRCHES – Science/Visions
02. Say Lou Lou – Games for Girls (feat. Lindstrom)
03. Nervo – Hold On
04. The Chainsmokers – Roses
05. One Republic – If I Lose Myself (Feat. Alesso)
06. The Knife – Pass This On (Shaken-Up Version)
07. Hurts – Lights
08. Spector – Stay High
09. John Newman – Love Me Again
10. Eric Prydz – Liberate (Lane 8 Remix)
11. Afrojack – The Spark (Feat. Spree Wilson)
12. Krewella – Live fot the Night
13. M.I.A. – Bad Girls
14. Metronomy – Monstrous
15. Splashh – Lemonade
16. Modest Mouse – Lampshades on Fire
17. Blur – Ther Are Too Many Of Us
18. Tame Impala – Elephant
19. Knife Party – Centipede
20. Tiësto – Chasing Summers (Miami)
21. Massive Attack – Teardrop
22. Two Fingers – Orphan Black Theme

Duração: 1 h e 23 m

Ouça online no Spotify

chasefaster

chasefaster

Me chamo Edu D’Angelo, mais conhecido como Chase Faster! Nasci em Outubro de 1984 (Libra com ascendente em Libra) e sou um Proudly Nerd assumido! Sou apaixonado pelo universo Geek (Action Figures, Comics, Animes, Filmes dos Anos 80, Seriados antigos, Teatro, Circo, Exposições e Shows) e desde 2006, crio um Setlist mensal com as músicas que mais ouvi naquele mês. Dez anos depois, estou aqui relatando tudo o que venho vivenciado por São Paulo, com muita nostalgia oitentista.