[COMICS] Homem-Animal: O Evangelho do Coiote

Roteiros de Grant Morrison e Arte de Chaz Truog, Doug Hazlewood e Tom Grummett. Lançado pela Panini Comics, este encadernado reúne as edições publicadas em Animal Man 1 ao 9 em 1991.

Homem-Animal-DC-2000-Editora-Abril-Chasefaster

Gostei muito que republicaram estas edições no Brasil. Lembro que já tinha visto essas histórias no DC 2000, no começo dos anos 90, em formatinho publicadas pela Editora Abril. Porém não li a história toda, pois logo nas primeiras edições tinha muita cena de violência e sangue, meus pais tinham tirado essas páginas polêmicas do gibi, então meio que li sem entender o que tinha acontecido com o herói. Era violento pois essa história é oriunda do selo VERTIGO, a linha adulta da DC Comics.

homem-animal-o-evangelho-do-coiote

Falando do personagem, o Homem-Animal é Buddy Baker, um dublê de cinema que atingido por uma explosão de uma nave extraterreste lhe conferindo super-poderes, o de copiar as habilidades de animais! É isso mesmo, pode parecer meio besta, mas no desenrolar das histórias essas habilidades veem a ser bem uteis como a capacidade de recuperação de um anfíbio ou o voo de uma águia. Dá pra pirar bastante nesse conceito de seus super-poderes, se ele copiar um cão ele poderia ter super-audição, super-faro? O escritor Grant Morrison explora bem legal essas capacidades de seus poderes.

Homem-Animal-Dc-Comics-Chasefaster

Os temas desse arco são a extinção de animais, o terrorismo ecológico e o uso desumano de cobaias em laboratórios. É bem engraçado ver como Buddy Baker lida com o fato de ter que sair com seu uniforme todo espalhafatoso e colorido, ele até sente a necessidade de dar um ar de descolado colocando um casaquinho pra disfarçá-lo… Até a pela necessidade de carregar documentos, dinheiro e quem sabe celular? Hahahahaha

Achei bem pirado este arco das nove primeiras edições. Muito sangue, histórias paralelas sem muito sentido como a edição 5, que leva o nome do encadernado “O Evangelho do Coiote”. Ou a edição 6 que aborda personagens do Gavião Negro e seu planeta natal Thanagar. O traço é bem fácil de entender, gostei disso. “Só lembre-se: foi apenas um aviso” e essas citações entre as histórias? Bem maluco esse conceito criado pelo Grant Morrison, é bem interessante como o Homem-animal se vira para resolver os problemas que surgem. Sobra até mesmo para sua esposa e filhos ao lidarem com o Mestre-dos-Espelhos, um inimigo do Flash.

Homem-Animal-Grant-Morrison-Chasefaster

É uma leitura bem divertida, bem fora do comum, estrelado por um personagem lado-B, que merece atenção pelos temas abordados! Recomendo!

chasefaster

chasefaster

Me chamo Edu D’Angelo, mais conhecido como Chase Faster! Nasci em Outubro de 1984 (Libra com ascendente em Libra) e sou um Proudly Nerd assumido! Sou apaixonado pelo universo Geek (Action Figures, Comics, Animes, Filmes dos Anos 80, Seriados antigos, Teatro, Circo, Exposições e Shows) e desde 2006, crio um Setlist mensal com as músicas que mais ouvi naquele mês. Dez anos depois, estou aqui relatando tudo o que venho vivenciado por São Paulo, com muita nostalgia oitentista.