[ALBUM] Pet Shop Boys – Super (2016)

Dia 1 de abril de 2016,o duo eletrionico pop Pet Shop Boys, formado por Neil Tennant e Chris Lowe, lançou seu décimo terceiro álbum “SUPER”, com 12 faixas, produzido por Stuart Price. Digo que absorvi este álbum nas últimas semanas e venho aqui dar o meu parecer sobre esse disco.

Sou muito fã da banda, desde criança, afinal cresci ouvindo eles nas festinhas, na MTV, em casa, na rádio, na escola, enfim, em todos os lugares, assim como muitas bandas dos Anos 80. Pet Shop Boys sempre me cativou por causa das músicas e de seus clipes, muito bem feitos! Uma de suas faixas está no meu TOP 30!

Em 2008 tive a oportunidade de adquirir o DVD de video-clipes: PopART, com todos os vídeos de sua carreira. Assistir esse clipe me enche de criatividade e boas energias, nem sei explicar. Gosto muito deles mesmo.

Gostei muito de seu décimo segundo álbum, o ELECTRIC, maravilhoso, recheado de música pop puxada para o eletrônico. Acho uma delícia ouvir em qualquer momento. Axis, Bolshy, Fluorescent, Inside a Dream, The Last to Die, Shoutung in the Evening são as minhas preferidas. Sempre as ouço.

Pet-Shop-Boys-SUPER-2016-cover

O bom é que seguiram a mesma linha eletrônica para esse SUPER. Happiness abre o álbum com aquelas batidinhas crescentes que tanto gosto. “It’s a long way to happiness, a long way to go / But I’m gonna get there, boy, the only way I know” Olha essa letra ditando meus dias atuais hahahahahaha

A seguir temos THE POP KIDS, seria uma faixa arrancada dos anos 90 para os dias atuais? Achei muito com a cara deles de antigamente.

Remember those days, the early 90s? / We both applied for places at the same university / Ended up in London, where we needed to be / To follow our obsession with the music scene / Wherever we went, whatever we did / We knew the songs / They called us the pop kids

Lançaram um lyric video para esta música, estou imaginando o clipe… Vi uma versão alternativa criada por Offer Nissim, tipo paródia, bem divertido e bem gay também hahahaha

Pet-Shop-Boys-The-Pop-Kids-Offer-Nissim-Remix-Purim-Tribute

Twenty-something tem elementos de tecno-brega, há uma discussão abordando essa “homenagem” por aí. Acho válido esse resgate, afinal em vários albums eles têm uma faixa que foge um pouco do estilo do album todo, como Single-Bilingual ou minha favorita deles “Se a Vida é (That’s The Life Is)”.

Groovy é uma de minhas favoritas desse album. A faixa começa com a platéia aplaudindo, dando a impressão de ser ao vivo, mas aí você sente a música explodindo, batidão, a voz deles repetidamente, muito pra cima, bem agitada, delícia, lembra aqueles Houses dos anos 90. The dictator decides é mais paradinha, mas com um tom meio sombrio, meio nostálgico, ouvindo essa faixa viajei para o passado, achei bem deprêzinha na verdade.

Pazzo! a seguir, levantando esse tom deprê da faixa anterior. Pazzo significa “louco” em italiano, eles ficam repetindo “You’re Crazy / That’s Insane” de fundo com uma bela trilha instrumental. Inner Sanctum mistura eletrônico com uma voz a capela, bem linda, bela mistura, gostei dessa mistura, mas ela tem um tom bem melancólico também, igual a de Dictator Decides.

Trecho do clipe "Twenty-Something"

Undertow teria uma conotação mais sexual com aqueles tubos de água no mar, que te submergem na onda. Sad Robot World, cara que música triste e linda! Visualizei todo um possível video-clipe em minha cabeça, uma pessoa caminhando sozinha em filtro preto e branco por aí, buscando um amor talvez? Algum sentido em sua vida?

Say it to Me volta com a animação, com aquelas batidinhas crescentes do começo do album. BURN segue a linha agitada, bem eletrônica e empolgante, essa faixa poderia estar ali no começo hahahaha Into the Air finaliza o album resgatando riffs das outras faixas, fechando muito bem esse album, como se amarrasse toda a obra.

Estou vivendo este album nesses dias de frio que vivemos, adoro quando eu consigo pegar um lançamento e curtir ao máximo ele. Para os setlists mensais pego uma faixa que mais gostei de uma determinada banda e misturo com as outras. Este album por exemplo é uma força sonora por si só, me encantou, espero que a você também.

Pet-Shop-Boys-SUPER-2016

chasefaster

chasefaster

Me chamo Edu D’Angelo, mais conhecido como Chase Faster! Nasci em Outubro de 1984 (Libra com ascendente em Libra) e sou um Proudly Nerd assumido! Sou apaixonado pelo universo Geek (Action Figures, Comics, Animes, Filmes dos Anos 80, Seriados antigos, Teatro, Circo, Exposições e Shows) e desde 2006, crio um Setlist mensal com as músicas que mais ouvi naquele mês. Dez anos depois, estou aqui relatando tudo o que venho vivenciado por São Paulo, com muita nostalgia oitentista.